segunda-feira, maio 12, 2008

THE BRAGANZA MOTHERS


6 comentários:

  1. Mas o que é o Abrupto???
    É um blogue???
    Esse tipo de espaços passam-me completamente ao lado. São-me indiferentes. Por isso acho que não há sequer termo de comparação possível.

    ResponderEliminar
  2. Acho indecente que o comentador aí acima me tenha roubado o comment.
    Eu ia perguntar onde é que era esse tal sítio...e vem um espertinhoa meter-se à frente!
    Isto não há condições!
    Nunca mais comento nada !
    MFerrer
    http://homem-ao-mar.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela sua qualificada visita lá pelo meu acampamento.
    MFerrer
    PS - Claro que sempre fui um leitor do seu GPD.
    Perdemos uma batalha mas a guerra está aí, pura e dura!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Ao andar por aí, ( salvo seja! que agora até os "lugares-comuns" têm que ser parcimoniosamente usados...), lembrei-me deste texto do Guerra Junqueiro a quem tanto estimo e devo:
    "Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas; um povo em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai; um povo, enfim, que eu adoro, porque sofre e é bom, e guarda ainda na noite da sua inconsciência como que um lampejo misterioso da alma nacional, reflexo de astro em silêncio escuro de lagoa morta (...)
    Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta ate à medula, não descriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter, havendo homens que, honrados (?) na vida íntima, descambam na vida pública em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira a falsificação, da violência ao roubo, donde provém que na política portuguesa sucedam, entre a indiferença geral, escândalos monstruosos, absolutamente inverosímeis no Limoeiro"
    MFerrer

    ResponderEliminar